Estádio Camp Nou, do Barcelona, é o primeiro da Europa a ter cobertura 5G

Estádio Camp Nou, do Barcelona, é o primeiro da Europa a ter cobertura 5G

| 4 de março de 2019 | 275

Recentemente, durante a MWC 2019, os presidentes do Futbol Club Barcelona e da Telefónica España, além dos CEOs da GSMA e da Mobile World Capital, apresentaram o 5G Stadium. A iniciativa tornou o estádio do clube espanhol o primeiro em toda a Europa a ter uma rede dedicada com padrão 5G.

O projeto foi desenvolvido em parceria pelo clube e pela empresa de telecomunicações com o objetivo de fazer do estádio Camp Nou o primeiro a oferecer uma experiência totalmente nova na captação e transmissão de imagens, com câmeras 360º espalhadas por todo o campo. Isso permitirá que espectadores a distância possam desfrutar dos jogos como se estivessem dentro do estádio, inclusive fazendo uso de óculos de realidade virtual.

Graças à tecnologia 5G, será possível utilizar as câmeras 360º instaladas em pontos estratégicos sem as limitações dos dispositivos conectados por cabos. A tecnologia de internet promete taxas de transferência de vídeo que variam de 30 Mbps a 200 Mbps, possibilitando streaming em 360º com resolução 4K, além de latência mais baixa e capacidade otimizada para edge computing. O 5G Stadium faz parte do programa 5G Barcelona, que pretende transformar a cidade na capital europeia do 5G.

Fonte: Panorama Audiovisual

Uma única câmera 360º já capta imagens de vários ângulos, então várias delas poderão proporcionar ao telespectador uma imersão nunca antes experimentada. Com óculos de realidade virtual, será possível acompanhar os jogos tendo visão de lugares específicos, como banco de reservas, atrás do gol ou na arquibancada, e com ângulos diferentes a partir de cada um desses pontos.

Existe, ainda, um projeto de renovação para o Camp Nou, com a pretensão de ser o principal complexo esportivo do mundo, ganhando uma cobertura e passando a ter capacidade para 105 mil espectadores. A nova construção contará com uma arena multiuso para 12 mil pessoas, um estádio extra, chamado Johan Cruyff, um campo de treinamento, um campus e — é claro — a mesma rede 5G dedicada.

Matéria: TechTudo

Comentários

comentários

curta nossa fanpage